A Solis

Comitês

Comitê Mensal de Investimentos

Mensalmente, os economistas, gestores e analistas se reúnem para discutir fatores econômicos e políticos nacionais e internacionais que tenham potencial de influenciar nas decisões de investimento. Nesse comitê, são também definidas diretrizes para eventual necessidade de aprofundamento das análises, bem como decisões de montagem ou saída de posições

Comitê Mensal de Riscos

Mensalmente, a equipe de Riscos produz relatórios de monitoramento de risco de liquidez, os quais retratam o comportamento dos fundos durante o período. Os relatórios são endereçados aos diretores de Risco e Gestão e debatidos nos comitês de risco, realizados de forma mensal. A qualquer momento, o Diretor de Riscos pode convocar comitês extraordinários para debater a situação de liquidez dos fundos sob gestão. A guarda de toda a documentação acerca o Gerenciamento de Liquidez dos fundos sob gestão (relatórios e políticas) ficam à encargo da equipe de Compliance e Riscos em meios eletrônicos e estão à disposição da área de supervisão de mercados da ANBIMA.

Comitê Anual de Compliance e Riscos

Anualmente, o Compliance elaborará e divulgará relatórios versando sobre os testes realizados acerca das atividades monitoradas, do cumprimento ou não dos procedimentos e controles internos, do comportamento dos colaboradores e de possíveis sugestões de melhorias, estabelecendo, inclusive, um cronograma de saneamento. Esses relatórios devem ser disponibilizados à Diretoria, sendo que sua discussão se dará no âmbito de comitês periódicos anuais, eventualmente, em comitês extraordinários a serem conclamados pelo Diretor de Compliance.

Comitê Extraordinário de Gestão

Esse comitê tem o objetivo de estabelecer os parâmetros de Credit Score, através do Sistema Crivo, visando dar maior segurança à decisão de crédito, decidindo sobre as operações de maior risco e propiciando agilidade ao processo decisório. Além de analisar as operações que fogem às Políticas de Aquisição de Crédito. As deliberações sancionadas pelo Comitê de Gestão deverão ser por maioria simples e assinadas. As aprovações e formalizações poderão ocorrer por e-mail, sendo estes anexados aos dossiês de crédito. O Comitê reunir-se-á de forma extraordinária, ou seja, sob demanda, caso haja necessidade de análise de casos para aprovação.